Miolo Lote 43 750ml

País:  Brasil

Região:  Vale dos Vinhedos

Variedade de uva:  Merlot / Cabernet Sauvignon

Descrição

O Miolo Lote 43 é a homenagem ao italiano Giuseppe Miolo, patriarca da família, que chegou ao sul do Brasil no ano de 1897, na região em que hoje está localizado o belo Vale dos Vinhedos. O vinho carrega o nome da terra comprada pelo imigrante no ano da sua chegada. Em 2008, estas terras ficaram dentro da demarcação com Denominação de Origem da primeira região vitivinícola do Brasil. O Miolo Lote 43 é produzido com uvas Merlot e Cabernet Sauvignon, reunidas em um corte harmônico selecionado pelo enólogo da família, Adriano Miolo.

Ficha Técnica

VINHA
Região: Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, Rio Grande do Sul
Solo: Argiloso a argiloarenoso de topografia de montanha
Clima: Temperado, quente e úmido
Variedade(s): Merlot e Cabernet Sauvignon
Colheita: Manual e seletiva

VINIFICAÇÃO
– Seleção dos cachos em mesa selecionadora;
– Desengace total dos cachos, sem esmagamento;
– Enchimento do tanque de aço inoxidável por gravidade;
– Aumento da relação sólido/líquido para maior aporte polifenólico;
– Maceração pré-fermentativa a frio por 4 dias;
– Fermentação alcoólica e maceração a temperatura controlada de 25 a 30°C, com apropriada gestão da extração polifenólica através de remontagens abertas, fechadas, pigeages e delestages;
– Maceração pós-fermentativa de 10 a 15 dias, em média, para maior extração tânica;
– Descube por gravidade e separação do vinho flor do vinho prensa;
– Fermentação malolática espontânea e completa;
– Amadurecimento em barricas de carvalho francês por 12 meses.
– Após engarrafamento o vinho foi conservado nas caves da Vinícola Miolo até o momento de ser comercializado.

ANÁLISE SENSORIAL
Visão: Cor rubi muito intensa e profunda.
Olfato: Elevada intensidade aromática, ameixa, tabaco, trufas, cacau, cravinho e subtis e elegantes aromas terciários.
Gosto: Elevada estrutura e bom volume de boca. Taninos redondos que aliados à adequada acidez, fruto da excelente maturação, conferem ao seu desfrute um singular frescor e impar equilíbrio.

SERVIÇO E HARMONIZAÇÃO
Serviço: A temperatura ideal é de 16 a 18°C.
Harmonização: O requinte da culinária francesa e a praticidade da culinária italiana encontram neste vinho o parceiro perfeito. Um vinho, que por seu caráter complexo de aromas e textura macia, pede pratos igualmente sofisticados, de ingredientes nobres. Os assados de carnes de caça, o churrasco gaúcho, em especial o espeto de medalhões de picanha e as carnes com certo teor de doçura, alta maciez e suculência realçam o seu brilho.